Entrevista a Diogo Santana (Analepsy)

Os Analepsy são, sem dúvida, um dos maiores casos de sucesso nacional dentro da música extrema, sendo das poucas bandas relativamente recentes que já pisam palcos estrangeiros com uma frequência assinalável. Como tal, a MOSHER TV contactou o frontman Diogo Santana para uma pequena conversa sobre o passado, presente e o futuro da banda.

Resultado de imagem para analepsy live

“Atrocities From Beyond” foi um sucesso que catapultou a banda ainda mais alto no panorama nacional e mundial. Para quando um novo trabalho e o que novidades podemos esperar no que toca à composição e produção?

Esperamos ter um novo trabalho pronto este ano, estamos a trabalhar para isso, mas oficialmente só em 2019 é que ele poderá, ou não, ser lançado. No que toca à composição e produção vai soar a Analepsy. Vamos ter elementos e ideias diferentes, mas vai respeitar a nossa sonoridade.

Read moreEntrevista a Diogo Santana (Analepsy)

Entrevista a Miguel Tereso de Primal Attack

Miguel Tereso tem-se revelado como uma das personalidades do underground nacional mais flexíveis, conciliando o seu papel de guitarrista e compositor nos Primal Attack com as tarefas de produtor no seu Demigod Recordings. Com um futuro promissor pela frente, Tereso esteve à conversa com a MOSHER TV acerca de um presente igualmente rico.

Depois de “Humans”, o álbum de estreia de 2013, surge agora “Heartless Oppressor”. Como foram estes quatro anos, entre os lançamentos dos dois álbuns?

Antes de mais obrigado, pelo vosso interesse no nosso trabalho e por me receberes na MOSHER TV. Ora, quando o “Humans” saiu em 2013 estivemos cerca de dois anos a correr as “aldeias” todas do país e a divulgar a nossa mensagem pela estrada. Chegando ao fim desse período, começámos a cortar nos concertos e a entrar em “modo composição”, o qual se tornou muito mais longo que o que antecipámos devido ao investimento que fizemos em trabalhar os temas da melhor maneira possível, sem pressas. Foi uma jornada que exigiu imenso esforço e dedicação, mas olhando para trás valeu a pena, sem dúvida.

Read moreEntrevista a Miguel Tereso de Primal Attack

O Salão dos Heróis: projectos portugueses de qualidade exímia que podem ou não conhecer

Considerando que a vida não é só reclamar, este artigo consiste, muito basicamente, numa lista de projectos nacionais que se encontram no extremo favorável do espectro da qualidade no que toca a música nacional. Por razões óbvias, optei por evitar falar de bandas que, apesar de serem óptimos projectos, não carecem de divulgação, visto já serem nomes extremamente conhecidos na praça (Moonspell, Bizarra Locomotiva, Quim Barreiros, etc.). Fica o seguinte aviso: isto não é serviço público, mas sim uma lista honesta de projectos musicais que merecem mais divulgação, independentemente de ainda estarem no activo ou não. Dito isto, desenganem-se aqueles que acham que esta crónica será mais um pedaço de lixo cibernético que não faz nada mais senão constatar o óbvio de maneira pseudo-rebelde e com piadas forçadas – mas pensam que isto é o quê, a VICE? Eu tenho algo chamado “padrões”: dou informação de qualidade de maneira pseudo-rebelde e com piadas forçadas. Portanto, sem mais delongas:

Read moreO Salão dos Heróis: projectos portugueses de qualidade exímia que podem ou não conhecer