Muitos conhecem o Afonso como guitarrista dos thrashers lisboetas Nuklear Infektion, que se encontram parados há tempo demais. Talvez seja esse um dos motivos por que se juntou aos Neighborz… talvez não. Fomos descobrir.

Fala-nos do projeto Neighborz; de onde surgiu esta formação e com que objetivo?
Neighborz surge por parte do Lekas em 2007 com a ajuda do Johnny FTG [NR: For the Glory] e de outras caras conhecidas do hardcore nacional, mas depois de muitas mudanças na formação, só se estabeleceu mesmo em 2009. Depois do primeiro álbum de estúdio e de um EP, entre dezenas de concertos de norte a sul, entro para os NBZ em 2015 numa altura em que a banda atravessava novamente mudanças de membros e em pouco tempo estabelecemos uma formação ainda mais sólida e com mais vontade de elevar o som e a mensagem de Neighborz.

O que faz um thrasher a compor e a rasgar numa banda de hardcore? Como te sentes nessa segunda pele?
Para mim não é uma segunda pele, foi quase que como uma transição natural… Durante a minha adolescência, o metal teve um papel muito importante para mim e foi onde comecei a dar os meus primeiros passos com bandas. No entanto, também cedo me apercebi que muitos dos valores, emoções e ideais que eu procurava, não os encontrava ali. Musicalmente, continua a ser uma influência, mas eu próprio hoje em dia ouço muito mais hardcore que metal! Não quero de modo algum equiparar um com o outro ou tentar classificá-los, mas respondendo à tua questão, sem dúvida que me sinto muito mais confortável e realizado.

Como tem sido a reacção do público ao vosso trabalho?
Neighborz tem uma ligação muito próxima com as pessoas que gostam do nosso trabalho e isso é o que nos importa. NBZ nunca quis agradar, e continuamos a não querer. É som das ruas para as ruas, de miúdos para miúdos. Quem gosta, corre connosco; quem não gosta, fica para trás.

Qual é a mensagem que gostariam de passar através da vossa sonoridade e letras?
A meu ver, a mensagem principal de Neighborz prende-se com serem vocês mesmos, não se conformarem e não baixarem a guarda perante nenhuma situação. Há várias maneiras e pontos de vista para transmitir esta ideia, mas a mais eficaz para toda a gente entender é virem mesmo a um concerto.

Onde é que vos podemos apanhar ao vivo, brevemente?
Os concertos de lançamento do novo EP “The Next Level of Knowledge”  acontecem agora dia 30 de outubro em Lisboa, no Popular em Alvalade, e dia 11 de novembro no Porto, na Cave 45. No dia a seguir, 12, ainda tocamos em Almada no 15º aniversário de Not Without Fighting; até ao final do ano ainda vamos ao Sul e contamos ainda passar pela zona centro. O EP sai gratuitamente dia 20 de outubro, por isso ouçam-no, partilhem-no, aprendam as letras e apareçam nos shows.


Booking: neighborzband@gmail.com
facebook.com/neighborzhc
neighborz.bandcamp.com
instagram.com/neighborzhc
youtube.com/user/neighborzhc

Comentários

Divulgamos o melhor que a música extrema tem para oferecer, pela divulgação de trabalhos e eventos, reportagens, entrevistas, etc. LIGHTS - CAMERA - MOSH!