O ser humano é incrivelmente frágil: pelas características da sua própria constituição física não está naturalmente adaptado ao planeta que habita, precisando de fabricar casas, roupas, medicamentos e todo o tipo de artefactos e soluções para lograr sobreviver num meio natural que lhe é, por desígnio, agreste. A fragilidade física é tal, que a simples picada de certos insectos, incomensuravelmente mais pequenos em estatura do que o próprio, lhe podem tirar a vida num ápice.

A perda e a morte são, portanto, realidades inevitáveis, as quais todo o homo sapiens se vê forçado a encarar diariamente, sendo que, em essência, tudo o que o mesmo faz tem como motivação primordial a distracção de considerar o seu próprio inevitável desaparecimento.

Ler mais

Eram capazes de valorizar um álbum objectivamente mal tocado, com erros a nível de tom e tempo? Por exemplo, guitarras desafinadas e/ou bateria dessincronizada? Se sim, este artigo não é para vocês. No entanto, para os que valorizam a execução técnica como um aspecto fundamental para a qualidade de uma obra, pergunto – e quando a letra em si é um atentado à arte da escrita?

Ler mais

Quando a fotografia surgiu, em finais do século XIX, foi imediatamente compreendida como uma técnica que comportava qualidades representativas superiores à pintura, que vinha sendo vista como o meio ideal para retratar a realidade, havia vários séculos.

A técnica fotográfica começou, então, a ocupar o lugar de espelho da realidade no imaginário popular, até que as mudanças no pensamento artístico e social do início do século XX começaram a pôr em questão a suposta imparcialidade e transparência do medium, algo que, por sua vez, foi permitindo à fotografia metamorfosear-se numa forma de arte de seu próprio direito.

Ler mais

A organização do festival espanhol Resurrection Fest acaba de anunciar que se venderam 6000 passes de 3 dias durante as primeiras horas deste primeiro dia de pré-vendas. Inicialmente, os passes custavam apenas 89 euros e evaporaram-se em pouco tempo, estando agora à venda por 105€ mais comissões, em www.resurrectionfest.es.

Os headliners deverão ser anunciados em breve. Segue o evento de facebook!